terça-feira, 21 de setembro de 2010

Arroz à marinheiro



Portugal foi sempre um país virado para o mar e capaz de viver do que o mar lhe dava! São inúmeras as nossas receitas em que o mar está presente. Na nossa história soubemos sempre aproveitar o peixe, os mariscos, os moluscos, os frutos do mar e ,como não podia deixar de ser, o bacalhau que aparece desde há muito tempo presente como marca inegável da cozinha portuguesa.

Este arroz pode ser confeccionado com peixe ou com bacalhau e é feito por alguns dos melhores ingredientes portugueses: tomate,azeite, cebola, alho, arroz e produtos do mar. Sobre o bacalhau escreverei depois, pois há muito para contar e ele brilhará, sem duvida, nesta semana, mas hoje o destaque vai para o arroz, também tão nosso e protagonista de centenas de  receitas tradicionais.

Ingredientes para 3/4 pessoas

2 postas de bacalhau
100 gr miolo de camarão médio
100 gr de miolo de mexilhão
100 gr de ameijoa
1 chávena de chá de arroz carolino ou estufado
2 tomates grandes
1 cebola
1/4 pimento encarnado
1 dente de alho + 1 folha de louro
azeite qb
salsa





Confecção

- Pique a cebola e o alho finamente e limpe de peles e sementes os tomates.
- Num tacho deite um fio de azeite e junte o tomate cortado, a cebola e o alho, deixando refogar um pouco.
- Acrescente o arroz e deixe ganhar cor.
- Assim que o arroz estiver com cor uniforme acrescente 6 a 8 medidas de água iguais ás que usou para medir o arroz e deixe ferver. Acrescente a folha de louro.
- Quando começar a ferver junte o bacalhau cortado em pedaços não muito pequenos, tape o tacho e deixe cozer.
- Quando o arroz estiver quase cozido acrescente o camarão e o mexilhão. Mexa e passados uns 2 minutos junte a ameijoa.
- Deixe acabar de cozer e no final polvilhe com salsa picada.

Nota: Pode servir com umas gotas de vinagre, que fica excelente.





Saiba mais sobre...o arroz.

Um dos cereais mais consumidos a nível mundial, é difícil determinar com exactidão, quando surgiu o arroz. sabe-se apenas que os árabes o introduziram na Península Ibérica por volta do ano 711 .
Foi no reinado de D. Dinis que surgem as primeiras referências escritas sobre a cultura do arroz, este destinava-se somente à mesa dos ricos. Posteriormente no séc. VXIII foram dados incentivos á produção deste cereal principalmente nas regiões dos estuários dos principais rios de Portugal.

No ano de 1900, a cultura do arroz era, em Portugal, limitada às “terras alagadiças dos vales do Vouga, Mondego, Sado, Mira e Guadiana”. Meio século depois, com o incremento verificado, o seu cultivo é efectuado em múltiplos municípios.

A expansão da cultura do arroz teve lugar por volta de 1909, após se ter elaborado um conjunto de regras para a preparação dos terrenos e da gestão da água, proporcionando assim, o cultivo de diferentes variedades de arroz.

Portugal produz cerca de 150 milhões de kg de ano, provenientes das principais zonas: Vale do Tejo, Sado e Mondego. Existem hoje, cerca de 25 mil hectares cultivados com arroz maioritariamente arroz tipo carolino, sendo que 70% é da variedade Aríete.

4 comentários:

  1. Que delicia de arroz! Parabéns pela iniciativa!Não tenho blog mas adoro seguir blogs de culinária!

    M. Albertina

    ResponderEliminar
  2. Descobri agora o seu blog! è excelente! Parbéns pela iniciativa. Vou estar atento às restantes receitas.

    beijinhos

    CLaudia

    ResponderEliminar
  3. Olá! Obrigada e bem-vindas ao meu cantinho!

    abraço

    Vânia

    ResponderEliminar
  4. Que delicia esse arroz de marinheiro ... queria morar mais perto do mar.

    abraço
    Daniel Moura
    http://feitonahora.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita. Deixe o seu comentário, é sempre bem-vindo a este cantinho. Responderei assim que poder.