sábado, 25 de setembro de 2010

Sopa de carne à portuguesa


Esta é mais uma sopa bem tradicional e com bastantes influências da região norte do país. è uma sopa que pode servir perfeitamente como refeição, pois é bastante completa. Tradicionalmente é feita com enchidos e toucinho, eu não usei, mas fica a anotação.

È uma sopa que fica com um caldo bastante aromático e um sabor inigualável que merece ser experimentado, pois junta ingredientes tão típicos no nosso país.

A sopa foi , sem dúvida, das maiores invenções da humanidade, pois é uma refeição completa e equilibrada, económica, fácil de confeccionar, riquíssima em nutrientes e que pode ser feita com um sem número de ingredientes!


Ingredientes para 3 pessoas

2 ossos grandes com carne
1 lata de feijão encarnado (800 gr)
100 gr de massa à escolha
2 batatas grandes
4 cenouras
1/2 couve lombarda
sal
azeite


Confecção

- Num tacho coloque água com uma pitada de sal e leve ao lume até ferver.
- Quando começar a ferver junte os ossos com a carne .
- Tempere com um fio de azeite e depois do caldo ferver novamente, junte a couve lombarda cortada, a cenoura em rodelas, as batatas aos cubos e o feijão com o caldo que traz.
- Deixe cozer, tendo o cuidado de mexer de vez em quando.
- Quando os legumes estiverem quase cozidos, junte a massa e deixe cozinhar a massa.
- Depois da sopa acabada , desligue o lume, retire os ossos e aproveite a carne destes.
- Reintroduza a carne na sopa e sirva bem quente.
- Pode ainda aromatizar com hortelã.

4 comentários:

  1. Receita interessante, copiada em bre provada

    abraço
    Daniel Moura
    http://feitonahora.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Bem diferente das sopas brasileiras. Mas muito deliciosa por sinal.
    Abraços, Daniana
    http://cozinhasemdrama.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Esta é daquelas sopas que me recordo de comer desde miuda. Aliás, até se fazia muito com rabo de boi.
    Hoje consumimos muitos cremes de legumes e estas sopas de forte consistência nutricional cairam em desuso porque os nossos ritmos de vida impõem sopas mais leves.

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita. Deixe o seu comentário, é sempre bem-vindo a este cantinho. Responderei assim que poder.