segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Parceria com a Quinta da Aveleda

É com um grande carinho que anuncio a parceria entre o Cinco Sentidos na Cozinha e a Quinta da Aveleda. Por toda a simpatia, disponibilidade e amabilidade comigo não posso deixar de agradecer.

Não deixem de visitar a sua página na internet, bem como a sua loja online onde pode adquirir facilmente os produtos da Quinta da Aveleda. Na loja online da Quinta da Aveleda pode encontrar não só os vinhos da marca, como também mel, compotas caseiras, bombons, packs promocionais, os queijos e as aguardentes da Quinta da Aveleda.

A Quinta da Aveleda teve a amabilidade de me enviar alguns dos seus produtos, os quais desde já muito agradeço o envio.



Aveleda Vinho Verde, Aveleda Douro, Quinta da Aveleda e Aveleda Alvarinho



Queijo amanteigado Quinta da Aveleda e queijo curado Quinta da Aveleda



Doce de limão Quinta da Aveleda


A Quinta da Aveleda é uma empresa familiar que há mais de 3 séculos é dirigida e orientada pela mesma família, cujo talento foi sempre o de produzir vinhos de grande qualidade, conhecidos não só em Portugal, mas também a nível internacional.

" A Aveleda é um nome com várias gerações. Os primeiros registos de venda de vinho engarrafado datam de 1870, pela mão de Manuel Pedro Guedes (1837-1899), conhecido pela sua forte vocação empreendedora e considerado o fundador do negócio tal como o conhecemos hoje. O seu trabalho deu frutos e a qualidade dos vinhos da Aveleda começou a ser reconhecida, como o comprovam as medalhas de ouro arrebatadas nos concursos internacionais de Berlim (1888) e Paris (1889).

Hoje a empresa continua  a pertencer a 100% à família Guedes, sempre empenhada em manter este legado familiar que já passou por várias gerações. Filho de Manuel Pedro Guedes, Fernando Guedes da Silva da Fonseca (1871-1946) deu continuidade ao trabalho de seu Pai, aumentando significativamente a capacidade produtiva da Quinta. Sucederam-lhe 7 filhos, tendo Roberto Van-Zeller Guedes (1899-1966) liderado o negócio familiar, dedicando toda a sua vida ao trabalho na Aveleda. A 4ª geração é composta pelos seis filhos de Roberto Van-Zeller Guedes: Fernando, Luís, António, Maria Isabel, Maria Helena e Roberto - que gerem hoje os destinos da empresa em conjunto com a geração seguinte: 14 primos que compõem a 5ª geração."


A Quinta da Aveleda produz vinhos, aguardentes e queijos. Da sua lista de vinhos temos:

Charamba




Casal Garcia


Casal Garcia Rosé

Casal Garcia Branco

Casal Garcia tinto

Casal Garcia Sparkling Meio - Seco

Casal Garcia Sparkling Bruto


Charamba Reserva

 Charamba Reserva


Aveleda Follies

 Aveleda Follies Touriga nacional/ Cabernet/Sauvignon


Aveleda Follies Touriga Nacional


Grande Follies 

Grande Follies tinto


Aveleda

Aveleda Vinho verde

Aveleda Douro

Quinta da Aveleda

 Aveleda Alvarinho

A Quinta da Aveleda produz ainda queijos :




Queijo amanteigado

 Queijo curado



 
A história da Quinta da Aveleda


" A história da Quinta da Aveleda perde-se no tempo mas existem inúmeros registos sobre a mesma a partir do século XVI. Tratou-se sempre de uma propriedade agrícola composta por um conjunto de quintas que, ao longo dos anos, passaram de mão em mão, até que Manoel Pedro Guedes de Silva da Fonseca, em torno 1850, entediado da vida da capital e da política, começou a apaixonar-se pela sua Quinta e foi viver para a Aveleda. Era uma pessoa com uma grande visão e dedicou-se à propriedade, plantando vinhas, fazendo obras, desenvolvendo as estruturas da Quinta, construindo inclusive uma adega com capacidade para 300 pipas.

O segundo filho de Fernando Guedes - Roberto Guedes - começou a ajudar o pai quando acabou o serviço militar. De todos os irmãos - quatro irmãs e três irmãos - foi na altura o único a trabalhar na Aveleda e por lá ficou. Em 1946, à morte de Fernando Guedes, os filhos constituem uma sociedade agrícola para administração da propriedade. É neste período que a Quinta mais se desenvolve, graças ao vertiginoso aumento das vendas de Vinho Verde para o Brasil e mercados de África. Nesta fase de prosperidade são frequentes os melhoramentos, as construções de novos edifícios e o engrandecimento dos jardins e parque. Dois nomes ficaram ligados a esta fase - Roberto e Fernando, que se dedicaram apaixonadamente à empresa.

 Nos anos de 1950 e 1960 foram feitos grandes investimentos em tecnologia e recursos humanos numa altura em que as vendas aumentaram exponencialmente, tanto no mercado interno como externo. Casal Garcia, lançado em 1939, foi o primeiro Vinho Verde engarrafado que apareceu no Brasil, sendo os mercados das ex-colónias os principais mercados externos. Surge também nesta altura o vinho Quinta da Aveleda. No final da década de 60, passam a dirigir executivamente a Sociedade António e Luís Guedes, que prosseguem os esforços de crescimento e investimento, tendo nomeadamente realizado a plantação de 120 novos hectares de vinha segundo as mais modernas técnicas vigentes.


A partir de 1995, inicia-se uma nova fase de expansão com investimentos significativos na melhoria da qualidade de produção de vinho e na sua embalagem: a par de um aumento significativo da capacidade de armazenagem; de uma melhoria do tratamento dos vinhos pelo frio; de uma melhoria da vinificação, que passa também a efectuar-se por castas; é aumentada a área do armazém de engarrafamento e implantada uma nova linha de engarrafamento, para além de outros investimentos.

Importante referir o progresso verificado na informatização, com um projecto integrado que cobre todas as áreas de actividade da empresa e do grupo que entretanto foi nascendo na sua envolvente.

Apesar de ser actualmente a maior empresa exportadora de Vinho Verde é com orgulho que a Aveleda se mantém como empresa familiar em todos os seus aspectos."

3 comentários:

  1. Parabéns minha querida amiga, que boa parceria :)...bjokitas

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pela parceria.

    Beijinhos,

    Susana
    As Papinhas dos Babinhos

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita. Deixe o seu comentário, é sempre bem-vindo a este cantinho. Responderei assim que poder.